Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Revoltados com obras em prédio

Um prédio em obras no Campo Mártires da Pátria, no Porto, está a deixar os populares revoltados. Tudo porque a empreitada foi suspensa durante algumas semanas, mas os andaimes e as redes continuam no local. Os moradores da zona – perto dos Clérigos – alertam para a falta de segurança.

26 de Agosto de 2012 às 01:00
Élia Carvalho e Cristina Padilha estão descontentes com obras
Élia Carvalho e Cristina Padilha estão descontentes com obras FOTO: Nuno Fernandes Veiga

"O prédio foi remodelado. Deixaram por pintar o 1º andar e a porta do rés-do-chão ficou aberta. Há ladrões que se escondem para assaltar e agredir as pessoas. Deixaram o passeio em obras e até já caí lá. O estacionamento, que já é complicado, ficou pior. Nem dá para andarmos a pé", disse Élia Carvalho ao CM. "Esta zona é complicada. Uma pessoa anda sempre com o coração nas mãos e cheia de medo", continuou Cristina Padilha.

As quedas e os roubos no prédio são frequentes. "A vedação é má. O meu filho de quatro anos e o amigo dele entraram lá e um magoou-se. Basta uma distracção", lamentou Filipe Silva.

A empresa Ruce, responsável pela requalificação, desconhecia a situação. "Aquilo ficou fechado com aloquete. O andaime é relativamente baixo. Pagámos licença à câmara de ocupação de via pública e a partir de meados de Setembro vamos continuar as obras", começou por dizer César Pinheiro, gerente da empresa, com sede em Amarante. "Mas não sabíamos que a porta estava aberta nem que houve roubos. Vamos tratar disso", prometeu.

PRÉDIO OBRAS PROTESTO PORTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)