Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Revoltados com ruído de festival

Cerca de 60 moradores de Valongo ficaram ontem revoltados com o ruído da actuação de DJ no dia de encerramento do Festival da Juventude. O evento, que arrancou anteontem, realizou-se ao ar livre até às 07h00.

12 de Agosto de 2012 às 01:00

A GNR de Campo recebeu uma dezena de reclamações, apesar de o local do festival ser da área da PSP "Moro em Campo, que fica a cerca de cinco quilómetros, e ouvia o barulho como se estivesse lá", disse um popular. As pessoasligaram às autoridades por causa do barulho, sem saber de onde é que vinha. "Foram informados do que se estava a passar", esclareceu uma fonte da guarda.

Já em Valongo, a PSP foi ‘bombardeada’ com cerca de 50 telefonemas. "Muitas pessoas desconheciam que estava a haver ofestival", explicou fonte policial.

O Underground Festival – Festival da Juventude de Valongo realizou-se na avenida do Conhecimento, junto à Biblioteca Municipal. "Aquilo fica ao ar livre e no meio do monte, ou seja lá no alto, por isso ouviu-se em quase todo o lado. Levantei-me às 06h00 para ir trabalhar e aquilo só terminou às 07h00", desabafou outro popular.

Durante dois dias, o evento recebeu alguns dos DJ mais conceituados, como DJ Vibe, Carlos Manaça ou DJ Murphy. O festival decorreu entre as 16h00 e as 07h00. "Era autorizado e licenciado pela Câmara, por isso não podíamos fazer muito", lembrou fonte policial.

RUÍDO FESTIVAL SOM
Ver comentários