Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Risco de ataque cardíaco

Os doentes co-medicados com clopidogrel e inibidores da bomba de protões (para a azia) têm um risco acrescido de sofrer um ataque cardíaco. O perigo resulta da menor eficácia do clopidogrel, avisa a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), que recomenda a alteração dos folhetos informativos do medicamento.
7 de Junho de 2009 às 00:30

Entre os remédios com esta substância activa está o Plavix, um dos mais vendidos em Portugal. O clopidogrel é um medicamento para prevenir novos enfartes do miocárdio em doentes que tiverem um enfarte recentemente. É também usado em vítimas de acidente vascular-cerebral isquémico ou síndromes coronárias agudas. Por sua vez, os inibidores da bomba de protões são utilizados na prevenção e tratamento da azia ou úlcera gástrica, efeitos indesejáveis que podem ser provocados pelo clopidogrel.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)