Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Risco de contágio nos hospitais

"Há hospitais com uma única porta de entrada e saída, por onde todos passam, Serviços de Urgência sem ventilação natural, com ar condicionado que avaria, condições que facilitam o risco de contágio." O alerta parte de Merlinde Madureira, dirigente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM), que denuncia a facilidade com que se podem quebrar as barreiras de protecção do vírus da gripe A.

7 de Maio de 2009 às 00:30
Estabelecimentos de Saúde sem condições para isolar doentes infectados
Estabelecimentos de Saúde sem condições para isolar doentes infectados FOTO: Pedro Catarino

Para o Ministério da Saúde, o risco está minimizado desde que sejam cumpridas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades de Saúde portuguesas, complementadas com a informação dada a todos os passageiros que vêm do México antes de desembarcarem.

A dirigente da FNAM acrescenta que outras barreiras podem falhar. "A triagem pode falhar, com o infectado a não ser detectado no registo e na triagem e a misturar-se com doentes e profissionais, a partir daí tudo é possível." Para a clínica, cabe à consciência de cada um agir de forma a evitar o contágio.

TESTES NO INSA

O Instituto Ricardo Jorge (INSA) já recebeu os kits da OMS para as análises das amostras do novo vírus. "O laboratório passa a ter capacidade para desenvolver com autonomia toda a investigação laboratorial do vírus", disse Pereira Miguel, presidente do INSA. Os testes são possíveis após se conhecer melhor a caracterização do vírus. "Os profissionais estão a preparar os testes. Todo o processo deverá estar concluído no final da semana." A ministra da Saúde, Ana Jorge, garantiu ontem que, de momento, "não há casos suspeitos no País".

APONTAMENTOS

POLÍCIAS COM MÁSCARAS

A Direcção-Geral da Saúde já distribuiu máscaras de protecção da gripe A aos efectivos da PSP no aeroporto de Lisboa. Os 300 agentes decidem quando devem usar a máscara.

PORTUGUESES ISOLADOS

Dois cidadãos com passaporte português estão de quarentena no Hotel MetroPark, de Hong Kong, sem sinais da doença e medicados pelas autoridades.

CARNE SEM RISCO

O director-geral da Saúde, Francisco George, descartou a possibilidade de contágio através do consumo de carne de porco infectada.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)