Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Ritz Clube encerrado sem explicar motivos

Direção do espaço noturno refere apenas que "estará temporariamente encerrado para obras".
3 de Maio de 2013 às 13:00

O Ritz Clube, em Lisboa, anunciou na quinta-feira que encerrou "para obras", sem especificar os motivos, mas fonte da autarquia referiu hoje à Lusa a existência de "um conjunto de irregularidades".

O Ritz Clube tinha reaberto portas em maio de 2012, depois de ter estado fechado durante 12 anos e de ter sido alvo de uma "reabilitação total".

Na quinta-feira, numa curta explicação na página oficial do Facebook, a direção do espaço noturno refere apenas que o Ritz Clube "estará temporariamente encerrado para obras", informando a transferência de alguns dos concertos para outras salas da capital.

O edifício, classificado como de interesse municipal, acolheu ao longo do último ano dezenas de concertos e festas, o que terá motivado várias queixas de moradores, na Rua da Glória, junto à Praça da Alegria.

Fonte da autarquia explicou à agência Lusa que os gestores do espaço "sabiam que tinham que fazer obras", porque tinha sido diagnosticado "um conjunto de irregularidades", nomeadamente ao nível da insonorização do espaço.

A agência Lusa tentou, sem sucesso, obter mais esclarecimentos por parte da gestão do Ritz Clube.

Para este mês estavam agendados pelo menos dez concertos, como dos portugueses Le Grind, cujo concerto no sábado foi transferido para o Clube Ferroviário, ou do músico norte-americano José James, no dia 09, que transita para a discoteca Lux.

Para o dia 11 estava marcado o concerto do músico português Expeão, de apresentação do álbum "O fim de todas as estradas", para 24 Samuel Úria e para 31 The Poppers.

Ritz clube obras encerrado irregularidade
Ver comentários