Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

S. João boicota ala pediátrica a custo zero

Associação humanitária questiona o porquê de o Estado pagar 20 milhões quando pode ter obra doada.
Manuel Jorge Bento 13 de Abril de 2018 às 01:30
'Joãozinho' funciona em pavilhões temporários há vários anos
Criança recebe transfusão de sangue no corredor
Pais levam material de casa
Condições precárias no internamento pediátrico do São João
Oliveira e Silva
Adalberto Campos Fernandes e Mário Centeno
Santa Maria
'Joãozinho' funciona em pavilhões temporários há vários anos
Criança recebe transfusão de sangue no corredor
Pais levam material de casa
Condições precárias no internamento pediátrico do São João
Oliveira e Silva
Adalberto Campos Fernandes e Mário Centeno
Santa Maria
'Joãozinho' funciona em pavilhões temporários há vários anos
Criança recebe transfusão de sangue no corredor
Pais levam material de casa
Condições precárias no internamento pediátrico do São João
Oliveira e Silva
Adalberto Campos Fernandes e Mário Centeno
Santa Maria
O acordo assinado em julho de 2015, entre o Centro Hospitalar de S. João, a associação Joãozinho e o consórcio construtor da ala pediátrica, especifica que a unidade de saúde cede a parcela na qual o novo serviço seria edificado, "sem qualquer encargo para o centro hospitalar", e que este seria doado após a conclusão da obra.

"Se a queremos dar, a que propósito é que o Estado vai pagar?", questiona Pedro ... < br />
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso ao e-paper, a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site por 0.60€ + IVA Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)