Saltar em poças de água faz parte do 'programa' da Escola da Floresta em Sintra

Aprendizagem promove a educação ambiental através da ligação emocional à natureza.
08.12.18
  • partilhe
  • 6
  • +
Saltos livres em poças de água fazem parte do programa da Escola da Floresta, em Sintra, onde as crianças lideram uma aprendizagem "com as mãos" que promove a educação ambiental através da ligação emocional à natureza.

"É totalmente diferente dizermos às crianças que elas têm de reciclar e responsabilizar-se pelas coisas catastróficas que podem acontecer no mundo, e levá-las a ter experiências diretas, sensações, com as árvores, as plantas, os animais. Nessas experiências elas criam uma ligação emocional", contou à Lusa Mónica Franco, fundadora da Escola da Floresta.

O projeto começou em outubro a proporcionar esta ligação aos alunos da Escola Básica da Várzea, no concelho de Sintra (distrito de Lisboa), devido a uma bolsa das Academias do Conhecimento da Fundação Calouste Gulbenkian e ao financiamento da Parques de Sintra Monte da Lua (sociedade de capitais públicos), que vão permitir a concretização e a avaliação desta metodologia experimental durante nove meses.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!