Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

SEF sinaliza em Serpa seis vítimas de tráfico humano

Vítimas revelaram quem lhes tinha sido garantida inscrição na Federação Portuguesa de Futebol e que iriam competir no campeonato da primeira divisão distrital.
Correio da Manhã 30 de Setembro de 2022 às 16:43
SEF
SEF FOTO: CMTV

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sinalizou seis cidadãos estrangeiros como vítimas de tráfico de seres humanos, em Serpa, que foram recrutados no continente sul americano, com promessa de que iriam jogar num clube de futebol daquela localidade.

Segundo comunicado divulgado esta sexta-feira pelo SEF, durante a investigação os seis cidadãos revelaram quem lhes tinha sido garantida inscrição na Federação Portuguesa de Futebol, para competir no campeonato da primeira divisão distrital, mas a promessa não terá sido cumprida.

"Foram-lhes, ainda, prometidas condições remuneratórias, que não foram cumpridas, e exigido o adiantamento de avultadas quantias, alegadamente, para o pagamento de taxas administrativas, que nunca chegaram a ser devolvidas", refere a nota.

O SEF  entrou em contacto a Equipa Multidisciplinar Especializada para assistência a vítimas de tráfico humano e "comunicou os indícios apurados à autoridade judiciária".

 

SEF Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Serpa crime lei e justiça lei internacional polícia
Ver comentários