Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

"Senti um grande preconceito": Histórias de racismo, xenofobia e violência de uma imigrante a viver em Portugal

Episódio de racismo contra os filhos dos atores brasileiros Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso reacendeu o debate sobre uma questão em constante combustão.
Máxima 5 de Agosto de 2022 às 11:58
“Sou brasileira e negra e esta é a minha história de racismo em Portugal'
“Sou brasileira e negra e esta é a minha história de racismo em Portugal' FOTO: DR

O caso aconteceu numa praia às portas de Lisboa, num cenário de férias, sol e felicidade. Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, casal de atores brasileiros conhecidos dos dois lados do Atlântico, almoçavam com os filhos, dois dos quais foram alvos de insultos racistas por parte de uma mulher. Filmado nas redes sociais, e depois de Ewbank dar uma entrevista comentando que a atenção dada à situação não seria a mesma se ela não fosse branca, o caso chegou a Lula da Silva e a Marcelo Rebelo de Sousa. Afinal, o racismo ou a xenofobia podem acontecer a qualquer um, atravessam países, culturas e classes sociais, até podem afetar um casal de atores bonito e conhecido.

Nada que surpreenda Amina Bawa, 34, jornalista brasileira e negra a viver em Portugal, que acompanhou a polémica com o interesse redobrado de quem já passou pelo mesmo, feliz por saber que a celebridade pode iluminar temas que ainda permanecem na sombra, segredados entre amigos, demasiado desconfortáveis para serem debatidos em sociedade.

Leia a reportagem completa na Máxima 

Ver comentários
}