Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Sexo com ‘ex’ faz bem à saúde

Cientistas norte-americanos defendem que relações esporádicas entre antigos casais traz felicidade.
25 de Novembro de 2013 às 21:20
Sexo, relações, ex-namorados, desejo sexual, EUA, Universidade de Arizona
Sexo, relações, ex-namorados, desejo sexual, EUA, Universidade de Arizona FOTO: mocker_bat / iStockphoto

Terminar uma relação amorosa pode ser um momento complicado para qualquer pessoa, mas um grupo de cientistas norte-americanos pensa ter encontrado uma forma de atenuar a dor. Um estudo desenvolvido na Universidade de Arizona, EUA, defende que sexo ocasional entre antigos namorados – ou mesmo entre divorciados – ajuda a seguir em frente.

De acordo com esta investigação, que envolveu 137 adultos com relações terminadas recentemente, as pessoas que não conseguem ultrapassar o fim de um relacionamento têm menos qualidade de vida. Ao manter relações sexuais esporádicas com os antigos companheiros, aumentam a sua auto-estima, sentido-se, naturalmente, mais felizes.

Para os investigadores, satisfazer o desejo sexual é uma parte importante neste processo, mesmo que seja com a pessoa que ainda se ama. Os casais são assim incentivados a manter uma “amizade colorida” no fim do relacionamento, uma vez que um “corte de relações puro não traz felicidade a ninguém”.

Contudo, o coordenador da investigação, Ashley Mason, frisa que manter esta relação de proximidade entre ex-companheiros pode impedir que outras pessoas se aproximem, impossibilitando o surgimento de uma nova relação.

Ainda assim, uma das conclusões do estudo é que ao aumentar os niveis de auto-estima, aumenta também o desejo de começar uma nova relação.

Sexo relações ex-namorados desejo sexual EUA Universidade de Arizona
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)