Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Sindicato dos Médicos desconvoca greve

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) desconvocou esta segunda-feira a greve nacional às horas extraordinárias que deveria começar às 8 horas de 2 de Janeiro de 2012. No site do SIM, o secretariado nacional deste sindicato explica apenas que a desconvocação surgiu na sequência da reunião com o ministro da Saúde e os seus secretários de Estado.
26 de Dezembro de 2011 às 19:29
Sindicato Independente dos Médicos esteve hoje reunido com ministro da Saúde
Sindicato Independente dos Médicos esteve hoje reunido com ministro da Saúde FOTO: Mariline Alves

Esta manhã o SIM esteve no ministério da Saúde durante cerca de três horas. Saiu sem prestar declarações. O comunicado do sindicato foi publicado no site na Internet poucos minutos depois da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) ter saído do ministério da Saúde onde teve uma reunião com o ministro Paulo Macedo durante a tarde.

O presidente da Federação Nacional dos Médicos  (FNAM), Sérgio Esperança, à saída do ministério afirmou  que os anunciados cortes nas horas  extraordinárias traduzem-se em medidas "gravosas" e "expressamente dirigidas  aos médicos".  

Sublinhando que a reunião com a FNAM estava agendada desde 28 de Outubro,  Sérgio Esperança explicou que o encontro serviu para debater assuntos antigos  que são a "preocupação  prioritária" da federação: a negociação dos acordos  colectivos de trabalho e as sua implementação, as grelhas salariais e a implementação  das 40 horas de trabalho.  

sindicato médicos greve paulo macedo ministério saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)