Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

SIRESP ameaça cortar comunicações por satélite no verão

Empresa afirma que o Governo tem uma dívida de 11 milhões de euros ainda por saldar.
10 de Maio de 2019 às 08:39
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP
SIRESP
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP
SIRESP
Carrinha do sistema de comunicações SIRESP
SIRESP
O Estado português tem uma dívida acumulada de 11 milhões de euros que pode ditar a insolvência do consórcio, avança imprensa desta sexta-feira. O Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) afirma ter feito investimentos neste valor a pedido do Estado em 2018, mas que os mesmos não foram ainda pagos, ameaçando com o corte das comunicações durante o verão.

A falta de pagamentos pode levar o SIRESP a cancelar as comunicações com recurso a satélite que foram implementadas depois das falhas nas comunicações que se verificaram nos incêndios de 2017 em que morreram 112 pessoas. 

O Governo deve um total de 11 milhões de euros à SIRESP, SA: nove milhões do investimento feito em sistemas de redundância, que foram decretados pelo Conselho de Ministros em 2017 e ainda oito rendas mensais completas de 200 mil euros às quais se acrescentam quatro rendas parciais. 

De acordo com o que apurou a imprensa desta sexta-feira, a empresa que tem uma participação de 33% do Estado e que é detida, na sua maioria, pela Altice decretou que devia ser apresentada uma solução de pagamento até esta sexta-feira, 10 de maio. 

É já para a semana - a partir de 15 de maio - que a Proteção Civil considera ser necessário ter em atenção permanente os perigos dos fogos rurais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)