Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Sistema de georreferenciação para todos os bombeiros

Governo quer aplicar medida em 2017.
8 de Julho de 2016 às 15:52
secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, política, organizações de socorro, bombeiros
secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, política, organizações de socorro, bombeiros FOTO: Inês Lourenço/Correio da Manhã
O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, anunciou esta sexta-feira que o sistema de georreferenciação para bombeiros, Siresp GL, vai ser estendido a todas as corporações do país já em 2017.

"Quero anunciar publicamente que este projeto-piloto, Siresp GL, será estendido já em 2017 a todas as corporações de bombeiros do nosso país", afirmou Jorge Gomes, em Castelo Branco, durante o lançamento deste projeto-piloto, que numa primeira fase abrange apenas 18 corporações de bombeiros, uma por cada distrito do continente.

Esta nova ferramenta de georreferenciação permite localizar as viaturas e os diferentes meios operacionais nos teatros de operação em tempo real e a monitorização das decisões operacionais.

O governante sublinhou que o projeto Siresp GL apresenta potencialidades que considera fundamentais, sobretudo porque é "especialmente relevante" na garantia de melhores condições de segurança dos operacionais envolvidos em missões de proteção e socorro, incluindo no combate a incêndios.

A georreferenciação dos meios operacionais nos teatros de operações constitui, segundo Jorge Gomes, uma ferramenta essencial, que permite a sugestão de forma mais eficaz e em tempo real, bem como o apoio à tomada de decisão.

"Esta solução, em funcionamento em 18 corpos dos bombeiros, um por cada distrito do continente, corresponde ao aproveitamento no âmbito operacional das potencialidades da rede do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (Siresp)", disse.

O secretário de Estado da Administração Interna anunciou ainda em Castelo Branco que está em desenvolvimento outra ferramenta, o Siresp ST, que estará concluída até ao final do ano.

"Esta nova funcionalidade permitirá pelo simples premir de uma tecla do rádio enviar as coordenadas geográficas da localização das ocorrências e a transmissão das mesmas aos sistemas de informação das forças e serviços de segurança e de proteção e socorro", sustentou.

Adiantou ainda que a entrada em funcionamento do Siresp ST irá permitir uma melhoria substancial da informação de localização das ocorrências nas bases de dados do Ministério da Administração Interna e realçou o enorme potencial desta ferramenta para o planeamento e gestão operacional.

"O desenvolvimento e a implementação de novos recursos tecnológicos ao serviço da segurança e da proteção e socorro dos cidadãos constitui uma prioridade estratégica do MAI", disse.

Por último, o governante sustentou que a nova ferramenta que está a partir de hoje ao serviço dos bombeiros irá permitir uma informação de melhor qualidade para o despacho dos meios e, consequentemente, uma melhor resposta ao serviço dos cidadãos.
secretário de Estado da Administração Interna Jorge Gomes política organizações de socorro bombeiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)