Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

SNS não deve pagar erros de gestão política

O bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, manifestou-se preocupado com algumas medidas de reforma da saúde anunciadas pelo Governo, considerando que não pode ser o sector a pagar "os erros de gestão política" dos últimos anos.
25 de Outubro de 2011 às 15:06
José Manuel Silva diz que é preciso acabar com a esquizofrenia do medicamento em Portugal
José Manuel Silva diz que é preciso acabar com a esquizofrenia do medicamento em Portugal FOTO: João Miguel Rodrigues

"Não podemos pôr em causa o Serviço Nacional de Saúde (SNS), de que nos orgulhamos e que conseguiu resultados reconhecidos a nível mundial", afirmou o bastonário, na abertura do XII Congresso de Endrocrinologia e Nutrição dos Açores, que começou esta terça-feira em Ponta Delgada, Açores.

José Manuel Silva anunciou a realização de reuniões da classe médica para debater as iniciativas do Governo para a reforma da saúde, frisando que "colocar em causa a qualidade do SNS seria um mau serviço à economia e ao país".

"Uma pessoa que não seja adequadamente tratada ficará com as capacidades de trabalho diminuídas, passando a representar um encargo", afirmou, assegurando que "não foi a qualidade na saúde que levou à situação actual".

O bastonário da Ordem dos Médicos manifestou-se contra a legislação que permite a troca nas farmácias de genéricos prescritos pelos médicos, sublinhando estar em causa a "qualidade do acto médico e a relação de confiança entre médico e doente".

E defendeu ser necessário "acabar com a esquizofrenia da política do medicamento" em Portugal, garantindo que os médicos "defendem a qualidade na saúde para os doentes".

Saúde SNS Getsão Bastonário Médicos José Manuel Silva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)