Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Surto de sarna em Guimarães

Colchões e lençóis de vinte camas trocados e doze funcionários receberam tratamento.
29 de Setembro de 2013 às 01:00

A unidade de Guimarães do Centro Hospitalar do Alto Ave foi contaminada por um surto de sarna, na zona de Medicina Interna, que obrigou, então, os serviços a porem em marcha uma vasta operação de desinfestação.

Entre sexta-feira e ontem, foram mudados os colchões e lençóis de vinte camas, foi desinfetada toda a roupa usada naquele local, como batas e toalhas, e cerca de uma dúzia de funcionários, entre enfermeiros e assistentes operacionais, teve de receber tratamento adequado.

Este surto terá tido origem após o internamento de um paciente, que encontrava contaminado com o ácaro da sarna.

"Este tipo de situação é muito diferente das chamadas infeções hospitalares, uma vez que é trazido pelos pacientes para o hospital", disse Delfim Rodrigues, o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar.

A sarna é provocada por um ácaro tipo piolho, que, apesar de não ser de grande gravidade, provoca fortes irritações cutâneas e obriga a tratamento adequado.

No caso do Hospital de Guimarães, o administrador, Delfim Rodrigues, adiantou que "a situação está totalmente controlada" e assegurou que a área afetada deve reabrir entre hoje e amanhã.

sarna hospital Guimarães surto Medicina desinfestação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)