Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros

Imagens de videovigilância mostram movimentos suspeitos nas instalações.
André Pereira 13 de Julho de 2017 às 01:30
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Suspeita de bruxaria na sede da Ordem dos Enfermeiros
Uma mulher misteriosa, a passear-se por várias salas, com um tacho a fumegar na mão, levantou a suspeita de bruxaria no interior das instalações da Ordem dos Enfermeiros em Lisboa. O CM teve acesso a imagens de videovigilância, registadas entre as 22h00 e as 23h50 do dia 19 de abril. Confrontada, a bastonária Ana Rita Cavaco garantiu ao CM que desconhece a identidade da mulher e do grupo que a acompanha.

Ao todo são sete pessoas que entram no número 75 da avenida Almirante Gago Coutinho, em Lisboa. As imagens do exterior da entrada mostram uma mulher, magra, de cabelo comprido, que abre a porta e entra, seguida de mais três pessoas. No total são três mulheres e um homem. Mais tarde, sai uma pessoa. Entra então o segundo grupo de quatro pessoas, também três mulheres e um homem. Passam lá dentro cerca de uma hora. Pelas 23h00 saem todos os sete. 


Nas imagens de uma outra câmara é possível ver uma mulher a passar junto a mesas de escritório, transportando na mão direita um pequeno tacho.

Questionada pelo Correio da Manhã, a bastonária da Ordem dos Enfermeiros refere que "as imagens não permitem identificar ninguém nem qualquer situação, geral ou em concreto, ou sequer identificar se dizem respeito às instalações da Ordem".

"É habitual fazer refeições na Ordem"
Confrontada com as imagens, a bastonária Ana Rita Cavaco desdramatiza. "É habitual a realização de refeições na Ordem. As instalações estão preparadas para a confeção de refeições com copa e cozinha", diz, sem conseguir identificar a mulher.

Já sobre a presença de pessoas nas instalações, refere que "é frequente a entrada e saída, a qualquer hora" e questiona o timing das imagens: "Surgem numa altura de elevado combate político e estratégico da Ordem com a tutela na defesa de 70 mil profissionais".
Ordem dos Enfermeiros Lisboa Ana Rita Cavaco Correio da Manhã bruxaria sede
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)