Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Suspeita de meningite em morte de menina

Deusa Pinto tinha 10 anos e faleceu no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.
Sónia Trigueirão 1 de Fevereiro de 2018 às 01:30
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto frequentava o quarto ano na Escola Básica do 1º Ciclo nº1 da Trafaria, no concelho de Almada
Deusa Pinto, de dez anos, aluna da EB 1 nº1 da Trafaria, no concelho de Almada, faleceu ontem, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, com suspeitas de infeção causada por meningite. O caso foi confirmado ao CM por Maria Nazaré Ribeiro, delegada de Saúde do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) de Almada-Seixal, e por Ana Leal, diretora do Agrupamento de Escolas da Trafaria.

Segundo a delegada de Saúde, que se deslocou à escola que a menina frequentava para prestar esclarecimentos aos pais e encarregados de educação, ontem ainda não eram conhecidos os resultados das análises que podem determinar se a infeção que levou à morte da menina era viral ou bacteriana.

Maria Nazaré Ribeiro explicou que "só depois de conhecidos os resultados é que será possível avaliar se é necessário medicar os adultos e alunos que conviviam com Deusa. "Basta, para já, estar atentos aos sintomas como febre, dores de cabeça, manchas no corpo e falta de reação", disse a mesma responsável, sublinhando que, nestes casos, não é necessário encerrar a escola e que basta que seja feita a higiene e ventilação das salas.

Família diz que Deusa era saudável 
Membros da família disseram, ontem, ao CM que a menina era saudável e que tudo aconteceu muito rápido. Na terça-feira, Deusa estava bem e foi à escola. Mas durante o dia começou a sentir-se mal e com febre. Pensaram que fosse gripe. A escola informou os pais, que a levaram ao centro de saúde, de onde foi encaminhada para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, e depois enviada para o Santa Maria, em Lisboa, onde viria a falecer.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)