Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Técnico pondera fechar as portas

O Instituto Superior Técnico (IST), em Lisboa, pondera "suspender as aulas e fechar temporariamente as portas ou reduzir o funcionamento de alguns serviços em horas de menor afluência" para contrabalançar o "corte insustentável" nas receitas previsto no Orçamento do Estado (OE) para 2013.
20 de Outubro de 2012 às 01:00
Diminuição do orçamento do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, poderá comprometer formação
Diminuição do orçamento do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, poderá comprometer formação FOTO: Pedro Catarino

"A somar à redução de 3% que já tinha sido divulgada em Julho, na versão preliminar do OE, acresce agora um aumento inesperado de 5% dos descontos para a Caixa Geral de Aposentações, que passa de 15 para 20%. Se a isso somarmos o facto de os subsídios extras serem parcialmente repostos, temos um corte real de 10%, o que é incomportável para o IST", garante o presidente da instituição, Arlindo Oliveira.

Apesar de não conseguir avançar com o valor monetário correspondente a este corte, o responsável esclareceu que as reduções no orçamento têm sido uma constante. "Em 2010, a dotação foi de 55 milhões de euros e em 2012 foi de 37 milhões. Agora, só com a Caixa Geral de Aposentações, teremos de suportar 2 milhões de euros", disse Arlindo Oliveira, afastando o cenário de fecho definitivo da instituição de ensino superior, que tem 12 mil alunos, ou de despedimentos.

Contactado pelo CM, o Ministério da Educação não quis comentar o caso.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)