Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Telefonar ou enviar email ao médico pode custar três euros

Telefonar ou mandar um email para o médico de família pode custar três euros, segundo a interpretação que alguns Centros de Saúde estão a fazer do diploma com as novas taxas moderadoras, noticia a TSF esta quinta-feira
5 de Janeiro de 2012 às 08:36
Tirar dúvidas com médico de família por telefone ou email pode custar três euros
Tirar dúvidas com médico de família por telefone ou email pode custar três euros FOTO: d.r.

Segundo a estação de rádio, alguns Centros de Saúde dizem que esta cobrança está prevista na portaria com as novas taxas moderadoras. De acordo com a portaria do Governo, estas “consultas sem a presença do utente” são identificadas como actos de assistência médica que podem resultar num “aconselhamento, prescrição ou encaminhamento para outro serviço”. Casos que podem acontecer através correio tradicional, email, telefone ou por uma terceira pessoa

Alguns Centros de Saúde cobram os três euros por qualquer contacto telefónico com o médico de família, mesmo que envolva um simples aconselhamento clínico como continuar ou não um medicamento. Outros deixam a decisão de cobrar ou não a taxa moderadora nas mãos do médico.

A portaria do Governo identifica estas "consultas sem a presença do utente" como actos de assistência médica que podem resultar num "aconselhamento, prescrição ou encaminhamento para outro serviço".

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)