Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Tem alergias? País vai ter níveis elevados de pólen na próxima semana

Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica alerta para condições adversas.
Lusa 24 de Maio de 2018 às 17:39
Alerta da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Níveis de pólen muito elevados nos próximos dias no continente
As concentrações de pólenes no ar vão estar muito elevadas até dia 12, em Portugal continental, predominando os pólenes de azinheira, carvalho, pinheiro e ervas parietárias, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia. Na Madeira e Açores as concentrações de pólenes permanecem baixas. A chuva poderá reduzir momentaneamente as concentrações, acrescenta o boletim. (direitos reservados)
Frutos: Podem fortalecer o seu sistema imunológico, mas também conseguem atacá-lo devido ao pólen que contêm e que afeta a boca e o estômago. Como combater: “Descascar ou cozinhar a fruta pode diminuir ou evitar completamente qualquer reação”, segundo Anju Peters
Alerta da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Níveis de pólen muito elevados nos próximos dias no continente
As concentrações de pólenes no ar vão estar muito elevadas até dia 12, em Portugal continental, predominando os pólenes de azinheira, carvalho, pinheiro e ervas parietárias, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia. Na Madeira e Açores as concentrações de pólenes permanecem baixas. A chuva poderá reduzir momentaneamente as concentrações, acrescenta o boletim. (direitos reservados)
Frutos: Podem fortalecer o seu sistema imunológico, mas também conseguem atacá-lo devido ao pólen que contêm e que afeta a boca e o estômago. Como combater: “Descascar ou cozinhar a fruta pode diminuir ou evitar completamente qualquer reação”, segundo Anju Peters
Alerta da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Níveis de pólen muito elevados nos próximos dias no continente
As concentrações de pólenes no ar vão estar muito elevadas até dia 12, em Portugal continental, predominando os pólenes de azinheira, carvalho, pinheiro e ervas parietárias, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia. Na Madeira e Açores as concentrações de pólenes permanecem baixas. A chuva poderá reduzir momentaneamente as concentrações, acrescenta o boletim. (direitos reservados)
Frutos: Podem fortalecer o seu sistema imunológico, mas também conseguem atacá-lo devido ao pólen que contêm e que afeta a boca e o estômago. Como combater: “Descascar ou cozinhar a fruta pode diminuir ou evitar completamente qualquer reação”, segundo Anju Peters
Portugal continental vai ter ao longo dos próximos sete dias níveis de pólenes elevados em quase todo o país, sendo apenas moderados na região de Trás-os-Montes e Alto Douro.

De acordo com informação da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, até final do mês vão predominar, entre outras, concentrações elevadas de pólen de gramíneas, parietária e urtiga, carvalhos e oliveira.

Enquanto na Madeira são esperados níveis baixos de pólenes, e moderados nos Açores, na zona do Porto os carvalhos e oliveiras, e as gramíneas, parietária, tanchagem e urtiga serão responsáveis por níveis elevados de pólen.

Mais a sul, na região de Coimbra, mas também em Castelo Branco e em Lisboa e Setúbal e na zona do Algarve, as ervas, as oliveiras e os carvalhos tornam elevadas as concentrações de pólen.

No Alentejo interior, na zona de Évora, predominam os pólenes dos sobreiros e das oliveiras e das ervas gramíneas e tanchagem, também em níveis elevados, segundo o boletim polínico da Sociedade.
Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica pólenes alergias concetraçãoar atmosfera
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)