Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Tornado: Meninos voltam ao jardim-escola

A alegria pelo regresso às actividades escolares invadiu ontem as 140 crianças do Jardim-Escola João de Deus, em Tomar, impedidas de ir às aulas há seis dias por causa do tornado que destruiu as instalações do estabelecimento de ensino.
14 de Dezembro de 2010 às 00:30
Alzira Peralta (ao centro) ficou ferida durante o tornado mas tem mantido sempre o contacto com os alunos
Alzira Peralta (ao centro) ficou ferida durante o tornado mas tem mantido sempre o contacto com os alunos FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Os alunos frequentam agora outra escola, que faz parte da mesma associação, em conjunto com outras 130 crianças. Para o efeito, foram instalados três pavilhões provisórios, mas com todas as condições para o ensino, segundo garantem os responsáveis.

Alzira Peralta, directora do Jardim--Escola João de Deus, que foi uma das 19 pessoas feridas pelo tornado da passada terça-feira, diz que as crianças "estavam desejosas de estar umas com as outras". Aliás, sinal disso, é o facto de 15 delas já frequentarem as novas instalações desde quinta-feira. E não foram mais porque foi pedido aos pais que ficassem com os filhos até serem criadas condições mínimas.

As crianças frequentam o pré--escolar e o 1º Ciclo e, segundo Alzira Peralta, "cada uma das turmas tem o seu espaço e a orgânica é a mesma, os professores e as educadoras são os mesmos, e até a estrutura física da escola é idêntica à que frequentavam".

Entre muitas ajudas que têm chegado à região, assume relevo a de 30 engenheiros, arquitectos e juristas, que se disponibilizaram para colaborar com as vítimas do tornado.

tomar tornado crianças jardim-escola
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)