Trabalhadores da Ryanair e Groundlink avançam com pré-aviso de greve

Estão previstas duas horas de greve ao início e ao fim de cada turno, respetivamente, assim como a todo o trabalho suplementar.
15.04.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O SINTAC - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil emitiu, em nome dos trabalhadores da Ryanair e Groundlink, um pré-aviso de greve com início na terça-feira, dia 16, e que se prolonga até 15 de julho.

De acordo com o comunicado do SINTAC, ao abrigo do disposto no Art.º 534 do Código do Trabalho, estão previstas duas horas de greve ao início e ao fim de cada turno, respetivamente, assim como a todo o trabalho suplementar, exceto aos feriados.

No mesmo comunicado, o sindicato explica que, apesar das tentativas junto das empresas para resolver e mitigar "as difíceis, deficitárias e muito precárias condições em que laboram os trabalhadores de ambas as empresas, estas nunca se predispuseram a efetuar um real esforço no sentido de se chegar a um entendimento quanto as preocupações vindas dos trabalhadores".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!