Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Trabalhadores da TAP participam na manifestação

Dezenas de trabalhadores da companhia aérea portuguesa TAP participam este sábado na manifestação em Lisboa para protestarem contra a privatização da empresa considerando que tal "é um crime".
2 de Março de 2013 às 18:03

Os funcionários da companhia aérea trouxeram para manifestação duas faixas que dizem: "TAP Portugal - trabalhadores dizem não à privatização" e "não à destruição da economia nacional. Privatizar a TAP é crime".

Vítor Baeta, da comissão de trabalhadores da empresa, disse à Lusa que estar na manifestação contra as políticas do Governo e a privatização da TAP.

"Não há justificação alguma para privatizar uma empresa que é estratégica e a maior exportadora nacional", adiantou, defendendo que era necessário um novo 25 de Abril, "mas bom", isto porque considerou que o 25 de Abril de 1974 foi "muito bonzinho e todas as expetativas criadas foram por água abaixo".

Os pilotos e tripulantes da TAP marcaram uma greve de 21 a 23 de março para protestar contra os cortes salariais, uma paralisação que abrange também a Portugália, a SATA Açores e a SATA Internacional.

TAP manifestação 'Que se lixe a 'troika'' trabalhadores participam
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)