Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Tribunal condenou praxe humilhante

Foi uma decisão inédita e que poderá condicionar algumas das praxes futuras: o Supremo Tribunal de Justiça determinou o pagamento de uma indemnização de 38 mil euros do Instituto Piaget de Macedo de Cavaleiros a uma ex-aluna, vítima de praxe violenta, onde foi forçada a simular orgasmos e relações sexuais com colegas e a insultar os pais.
12 de Julho de 2009 às 00:00
Praxes dividem a comunidade académica
Praxes dividem a comunidade académica FOTO: Alexandre M. Silva

Num outro caso, o Tribunal de Famalicão considerou provado que um membro da Tuna da Universidade Lusíada morreu durante uma praxe, ao ser atingido na nuca por uma revista, em 2001. Os pais da vítima reclamam 210 mil euros de indemnização à proprietária da Lusíada.

A 'extraordinária gravidade de algumas das ocorrências' em praxes levou o ministro do Ensino Superior, Mariano Gago, a enviar um ofício às instituições em Setembro, informando que transmitirá ao Ministério Público qualquer informação da prática de ilícitos nas praxes.

Ver comentários