Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Tribunal rejeita ação da Ordem dos Enfermeiros

Recusada providência cautelar contra Ministério da Saúde.
Miguel Balança 15 de Outubro de 2019 às 09:51
Enfermeiros
A sindicância à Ordem dos Enfermeiros obrigou à intervenção da PSP, na sede da OE, em Lisboa
Enfermeiros
A sindicância à Ordem dos Enfermeiros obrigou à intervenção da PSP, na sede da OE, em Lisboa
Enfermeiros
A sindicância à Ordem dos Enfermeiros obrigou à intervenção da PSP, na sede da OE, em Lisboa
O Tribunal Administrativo de Lisboa rejeitou a providência cautelar interposta pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra a sindicância determinada pelo Ministério da Saúde, que passou a pente fino as contas da instituição.

No comunicado, que tornou pública a resolução do tribunal, a tutela defendeu esta segunda-feira que a decisão "vem confirmar a legitimidade" da sindicância determinada pelo Ministério, dado que conclui a "inexistência de fundamentos que inviabilizassem a sua realização".

Ao CM, a bastonária da OE, Ana Rita Cavaco, considera que "não há aqui uma vitória, nem nossa, nem deles, porque esta é uma decisão absolutamente fora de tempo", uma vez que o relatório final da Inspecção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) não só já foi entregue, como já mereceu resposta por parte da OE, enviada quer ao Ministério, quer à Procuradoria-Geral da República, para onde o processo foi remetido pela tutela.

A bastonária questiona ainda a divulgação da decisão um dia antes do arranque da campanha para as eleições dos órgãos sociais da OE, marcado para hoje, nas quais Ana Rita Cavaco se recandidata ao lugar de bastonária. "A senhora Ministra [Marta Temido] é movida pelo facto de não gostar das intervenções destes órgãos porque têm feito inúmeras denúncias sobre o estado da Saúde em Portugal", explica.

A bastonária voltou ainda a rebater as conclusões da IGAS, defendendo que os membros da OE "não têm nenhum cartão de crédito" ou despesas no estrangeiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)