Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Troca de medicamento coloca bebé em risco

Enfermeira enganou-se e deu ao menino, de dois meses, um remédio para os pulmões.
13 de Abril de 2010 às 00:30
Diogo Azevedo, pai de um bebé de dois meses, apresentou queixa contra o hospital por negligência médica
Diogo Azevedo, pai de um bebé de dois meses, apresentou queixa contra o hospital por negligência médica FOTO: Diogo Pinto

Diogo Azevedo, pai de um bebé de apenas dois meses, apresentou ontem uma queixa contra o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, por negligência médica. Em causa está o facto de uma enfermeira ter dado um medicamento errado ao menino, o que poderia ter sido fatal. O pai queixa-se ainda de ter alertado a profissional de saúde para o engano, mas aquela negou e continuou a afirmar que tinha ministrado o remédio correcto. A direcção do hospital também já abriu um inquérito.

O incidente ocorreu sábado, altura em que o filho de Diogo Azevedo, que nasceu com uma dilatação no rim e como tal tem de tomar dois antibióticos por dia, deu entrada no Hospital Pedro Hispano com febre e diarreia.

'Expliquei que o bebé tinha de tomar dois antibióticos, mas logo na primeira vez a enfermeira esqueceu-se e tive de a avisar', afirmou o pai. Alertada, a enfermeira foi buscar uma seringa com o medicamento que deu a Diogo para ministrar ao menino. 'Comecei a dar o medicamento ao bebé, ele chorou e começou a rejeitar o remédio. Achei a cor do líquido diferente, por isso fui ter com a enfermeira e pedi-lhe para confirmar se era o medicamento certo. Garantiu-me que sim, mas achei estranho e só dei metade. Só à terceira vez é que foi verificar e viu que não era aquele', contou Diogo Azevedo.

O medicamento dado ao menino era destinado a doenças pulmonares e tinha um efeito diurético, o que poderia ter sido fatal ao bebé. 'A sorte foi que eu só dei metade', disse o pai.

PORMENORES

DIRECÇÃO

O ‘Correio da Manhã’ tentou contactar a direcção do hospital para obter uma reacção, mas até ao fecho desta edição tal mostrou--se impossível.

CASOS IGUAIS

Diogo afirma que apenas quis divulgar o caso pois não quer que aconteça o mesmo a outras pessoas. O homem está indignado com a atitude da enfermeira.

TRANSFERIDO

Inicialmente o bebé foi internado no Hospital de São João, mas devido ao estado de saúde acabou por ser transferido para o Pedro Hispano.

Ver comentários