Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Tuberculose matou 1,5 milhões de pessoas em 2013

Organização Mundial de Saúde diz que a tuberculose é que a segunda doença infecciosa que mais mata, a seguir à sida.
22 de Outubro de 2014 às 18:22
Médico pneumologista observa em computador um raio-x aos pulmões de um doente com tuberculose
Médico pneumologista observa em computador um raio-x aos pulmões de um doente com tuberculose FOTO: Tiago Sousa Dias 

A tuberculose fez 1,5 milhões de vítimas entre os 9 milhões de pessoas que contraíram a doença em 2013, um número superior às estimativas iniciais, revelou esta quarta-feira em Genebra a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Aqueles valores constam do relatório anual sobre a tuberculose, apresentado esta quarta-feira em conferência de imprnesa, que acrescenta que entre os 1,5 milhões de vítimas mortais, 360 mil eram doentes infetados com VIH/Sida.


Segundo o diretor do programa da OMS de combate à tuberculose, Mario Raviglione, o aumento de mortes face à estimativa inicial deve-se "aos investimentos nos sistemas de monitoração e vigilância (...) que proporcionam mais e melhores dados" sublinhando que "a tuberculose é a segunda doença infecciosa que mata mais, situando-se perto do VIH".

Organização Mundial de Saúde OMS doença tuberculose
Ver comentários