Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

"Um anjo permite que vá curar-me"

Foi um pesadelo tornado realidade quando Rúben Belo, de 17 anos, recebeu a notícia de que sofria de cancro ósseo. Os sonhos e as esperanças de quem tem a força da juventude e o futuro pela frente caíram por terra. Há cerca de um mês, porém, Rúben e a mãe, Sandra, voltaram a sorrir. Um anónimo garantiu os 50 mil euros necessários para irem a Colónia, na Alemanha, tentar um tratamento inovador à base de células dendríticas.
17 de Março de 2013 às 01:00
"É um anjo na terra que está a cuidar de mim e que está a permitir que vá curar-me", comentou Rúben Belo, referindo-se ao anónimo que surgiu no Facebook: "As pessoas foram todas fantásticas a apoiar-me."

A decisão de ir à Alemanha surgiu depois de, no IPO de Lisboa, terem dito à mãe que não havia quimioterapia mais forte para tratar o cancro de Rúben. "Ouvi falar de um tratamento inovador na Alemanha e entrei em contacto com a clínica para salvar o meu filho", referiu Sandra, para quem Rúben tem sido uma fonte de força e esperança.
rúben belo cancro ossos alemanha tratamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)