Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

UNI: Sócrates e Cravinho ouvidos na segunda-feira

O ex-primeiro-ministro José Sócrates, arrolado como testemunha de acusação no julgamento do caso da Universidade Independente (UNI), será ouvido na próxima segunda-feira, juntamente com o antigo ministro e deputado socialista João Cravinho.
6 de Janeiro de 2012 às 14:48
O ex-primeiro-ministro José Sócrates (ao centro) na apresentação do livro do seu pai
O ex-primeiro-ministro José Sócrates (ao centro) na apresentação do livro do seu pai FOTO: Maria João Marques

Vítor Parente Ribeiro, advogado do antigo reitor da UNI Luiz Arouca, adiantou esta sexta-feira à Agência Lusa que o seu cliente prescindiu da audição de José Sócrates como testemunha defesa, mas que o Ministério Público o indicou como testemunha de acusação, pelo que a sua audição terá que se efectuar.           

O causídico disse desconhecer em concreto se José Sócrates, a residir actualmente em Paris, estará efectivamente presente no Tribunal do Monsanto, em Lisboa, mas admitiu que a videoconferência não é praticável neste caso e que a sua audição por carta rogatória também não seria normal.      

Quanto a João Cravinho, que também será ouvido segunda-feira, Vítor Parente Ribeiro explicou que o antigo ministro socialista foi arrolado como testemunha de defesa de Luiz Arouca porque foi colega do seu cliente, reconhecendo, porém, que o seu depoimento será mais abonatório, já que não tem conhecimento directo dos factos em causa no julgamento.           

Luiz Arouca está a ser julgado por associação criminosa, abuso de confiança, fraude fiscal, burla, corrupção e falsificação de documentos.            

Entre os principais arguidos do caso UNI, estão o ex-reitor Luís Arouca, o antigo vice-reitor Rui Verde e Amadeu Lima de Carvalho que são acusados de associação criminosa, abuso de confiança, fraude fiscal, burla, corrupção e falsificação de documentos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)