União Zoófila em risco de ficar sem comida para alimentar 500 cães

Organização disse estar a ficar sem ração por ter enfrentado "dificuldades para organizar campanhas em grandes superfícies".
19.10.18

A União Zoófila explicou esta quinta-feira ter ração apenas para mais dois dias, para cerca de 500 cães abandonados. Através do Facebook, a organização pediu ajuda, explicando que tem enfrentado "tremendas dificuldades para organizar campanhas em grandes superfícies", o que se traduz nos baixos níveis de comida disponíveis.

"O querido Rudolfo é o primeiro dos cerca de 500 cães abandonados ao cuidado da União Zoófila, porventura a associação nacional com maior número de animais em abrigo, a dar a cara pela presente preocupação dos seres humanos que gerem o abrigo", começou por escrever a organização.

"A União Zoófila depara-se com tremenda dificuldade para organizar campanhas em grandes superfícies. Sempre fizemos várias vezes por ano, o público sempre respondeu generosamente à nossa presença, conhecendo muito bem até as nossas necessidades específicas". Mas, explica a União Zoófila, "tudo mudou. Neste momento enfrentamos terrível resistência. Não, ainda não desistimos, mas estamos muito perto", admite a organização.

Assim, pede donativos para ajudar os animais. "É a ração para cão que ainda existe no armazém da União Zoófila. Pode parecer-vos muita. Mas não dá para muito mais de três dias. Até domingo", explica, deixando uma lista dos produtos necessários.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!