Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Utentes financiam a Saúde

Os doentes que fazem análises regulares ao sangue para o tratamento da hipocoagulação pagam uma taxa moderadora de 1,20 euros pelas análises e 3 euros pela consulta não presencial, totalizando 4,20 euros. O Estado paga 4,70 euros pelos cuidados, o que configura um financiamento do Serviço Nacional de Saúde, considera o deputado João Semedo, do Bloco de Esquerda. O Ministério da Saúde nega.
24 de Janeiro de 2012 às 01:00
João Semedo questiona MS
João Semedo questiona MS FOTO: Pedro Catarino

"Estes valores ultrapassam os 33 por cento que a lei impõe como limite para as taxas moderadoras relativamente à tabela de preços do SNS. Isto é um financiamento e não há moderação de taxas", afirmou João Semedo.

Fonte do Ministério da Saúde esclarece ao CM que estes valores "não incluem" o pagamento pelo SNS da consulta não presencial: 25 euros.

Bloco de Esquerda João Semedo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)