Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Utentes invadem centro de saúde

Mais de uma centena de utentes de Avis invadiram ontem as instalações do centro de saúde local em protesto contra a redução do horário de funcionamento da unidade e o fecho de extensões de saúde em três freguesias. A acção, vigiada de perto pela GNR, terminou ao início da noite, sem registo de incidentes.

2 de Novembro de 2011 às 01:00
Mais de uma centena de utentes invadiu ontem o Centro de Saúde de Avis
Mais de uma centena de utentes invadiu ontem o Centro de Saúde de Avis FOTO: direitos reservados

"A funcionária foi-se embora e ficámos aqui para nos manifestarmos contra esta situação injusta. Agora, não podemos adoecer às 13h05", referiu Leonor Xavier, da comissão de utentes.

A Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano decidiu reduzir desde ontem o horário de funcionamento de dez centros de saúde do distrito de Portalegre. Ao fim-de-semana e feriados o acesso aos cuidados de saúde passa a ser das 09h00 às 13h00.

"Como é que, com 280 euros de reforma, posso pagar transporte para ir a uma consulta a outro lado?", interrogava Marinha Covas.

Para o autarca local, Manuel Coelho, estas medidas deixam a população "desprotegida" devido à distância de Portalegre – 60 quilómetros.

AVIS PROTESTO MANIFESTAÇÃO CENTRO DE SAÚDE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)