Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Vacina contra meningite que esgotou nas farmácias deve chegar segunda-feira a Portugal

Aumento dos casos de meningite w fez com que os pediatras começassem a aconselhar os pais a vacinarem os filhos.
Lusa 30 de Outubro de 2019 às 09:27
A carregar o vídeo ...
Aumento dos casos de meningite w fez com que os pediatras começassem a aconselhar os pais a vacinarem os filhos.
O Infarmed prevê que na segunda-feira chegue da Holanda uma vacina que abrange uma estirpe de meningite cuja circulação tem aumentado, que não está incluída no Programa Nacional de Vacinação (PNV) e esgotou nas farmácias.

Segundo a imprensa nacional, o aumento dos casos de meningite w fez com que os pediatras começassem a aconselhar os pais a vacinarem os filhos com a vacina conjugada ACWY, que não está incluída no PNV e custa 50 euros.

Questionado pela Lusa, o Infarmed reconhece que este ano observou "um aumento da procura da vacina Nimenrix na sequência de um aumento do número de casos de doença meningocócica infantil, que praticamente duplicou o seu consumo face ao ano anterior".

Diz também que conseguiu reforçar o abastecimento, "cuja distribuição rapidamente se escoou no prazo de uma semana, causando nova situação de previsão de rutura".

"Esta situação está de momento a afetar todos os países onde a vacina se encontra comercializada, não obstante, está a ser emitida pelo Infarmed uma Autorização de Utilização Excecional (QUE) para a vacina, que virá excecionalmente da Holanda, o único país onde foi ainda possível adquiri-la", esclarece.

Segundo a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, a partir de segunda-feira a vacina já deverá estar disponível.

SNS já administrou mais de 430 mil doses de vacina
O Serviço Nacional de Saúde (SNS) já administrou mais de 430 mil doses de vacina contra a gripe até agora, um número acima do registado na mesma altura no ano passado.

O balanço foi hoje feito pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que adiantou que até final da semana passada foram administradas 430 mil doses no SNS, onde a vacina é gratuita para grupos de risco, como pessoas a partir dos 65 anos, alguns doentes crónicos e pessoas em lares.

Graça Freitas foi hoje vacinar-se no centro de Saúde de Sete Rios, em Lisboa, juntamente com o secretário de Estado da Saúde, António Sales, e com o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.

"Fazemos até agora um balanço extremamente positivo. Até final da semana passada tínhamos mais 30 mil pessoas vacinadas do que no mesmo período do ano passado", disse a diretora-geral da Saúde aos jornalistas.

Graça Freitas reforçou a importância da vacinação nos grupos de risco, incluindo os profissionais de saúde.

O bastonário dos Médicos deixou precisamente um apelo aos profissionais para que se vacinem contra a gripe, recordando que se protegem aos próprios, aos doentes e ao também aos serviços de saúde.

"Se muitos profissionais ficarem doentes ao mesmo tempo, isso enfraquece o serviço de saúde e diminui a capacidade de resposta numa altura em que é muito necessária", sublinhou.

Miguel Guimarães lembrou ainda que a taxa de vacinação entre os profissionais de saúde nos anos anteriores tem sido relativamente reduzida.

No ano passado, segundo dados do Vacinómetro, só cerca de metade dos profissionais de saúde tomaram a vacina da gripe.

"Deixo aqui o apelo a todos os profissionais de saúde, médicos e não médicos, para que se vacinem", declarou aos jornalistas.

O secretário de Estado da Saúde, que é também médico, vacinou-se também hoje no centro de Saúde de Sete Rios, em Lisboa.

Este ano o SNS tem 1,4 milhões de doses de vacina da gripe para administração gratuita, a que se juntam cerca de 600 mil disponíveis nas farmácias para compra mediante receita e com comparticipação estatal.

O Estado mais do que duplicou este ano o investimento em vacinas, passando para mais de 11 milhões de investimento para a mesma quantidade de vacinas do que no ano passado.

Isto porque as vacinas administradas este ano são pela primeira vez tetravalentes, o que significa que têm proteção para quatro tipos de vírus, o que aumenta a probabilidade de abrangência e cobertura da vacina.
Infarmed Holanda PNV saúde medicina preventiva
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)