Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Vacina grátis para um milhão

Direção-Geral da Saúde garante que idosos, grávidas e doentes continuam isentos
19 de Setembro de 2013 às 01:00
As vacinas estão disponíveis a partir de 1 de outubro
As vacinas estão disponíveis a partir de 1 de outubro FOTO: miro kuzmanovic/reuters

A vacina da gripe mantém se gratuita, a partir de 1 de outubro nos centros de saúde, para um milhão e cem mil pessoas. A população abrangida pela gratuitidade da vacina inclui os mesmos grupos de risco do inverno passado, designadamente pessoas com mais de 65 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos (crianças com seis ou mais meses de idade e adultos), grávidas e idosos, avançou ao Correio da Manhã a subdiretora-geral da Saúde, Graça Freitas. Para os restantes utentes, a vacina custa 6,45 €, sendo comparticipada em 37% (fica em 4,07 €).

Entre os beneficiários da vacina da gripe gratuita estão os idosos que se encontram institucionalizados ou que vivem em casa mas têm apoio domiciliário da Segurança Social ou das Misericórdias.

Apesar das dificuldades económicas que o País atravessa, a subdiretora-geral da Saúde garantiu ao CM que "nenhum grupo de risco perde este ano o direito à vacinação gratuita contra a gripe, mantendo-se os mesmos isentos do ano passado". Para evitar "uma corrida" aos centros de saúde nos primeiros dias de outubro, Graça Freitas recomenda que os utentes sejam vacinados ao longo dos meses de outubro e novembro, "porque ainda vão a tempo para a prevenção".

O CM apurou que os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde conseguiram uma poupança de um milhão de euros relativamente ao valor inicialmente previsto na aquisição das vacinas que protegem contra o vírus A (H7N9), que irá circular no próximo inverno. Na negociação com o laboratório Sanofi Pasteur MSD, o Estado paga por cada dose de vacina 2,99 euros.

vacinas grátis gripe campanha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)