Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Vacinação de professores e auxiliares contra Covid-19 atrasada uma semana

Em causa estão as restrições introduzidas na utilização da vacina da AstraZeneca.
Lusa 8 de Abril de 2021 às 19:36
Cerca de 230 professores e assistentes operacionais testados para regresso à escola antes da vacinação em Gaia
Cerca de 230 professores e assistentes operacionais testados para regresso à escola antes da vacinação em Gaia FOTO: Paulo Jorge Duarte/CMTV
O processo de inoculação dos professores vai sofrer um atraso de uma semana, devido às restrições introduzidas na utilização da vacina da AstraZeneca, afirmou esta quinta-feira o coordenador da 'task force' responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19.

"Vamos adiar uma semana a vacinação dos docentes e não docentes, que serão vacinados não neste fim de semana, mas no outro, com as vacinas que forem apropriadas, seguindo a recomendação que acabou de ser emitida", disse o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, acrescentando: "Não vai haver nenhum impacto além disto. As vacinas são suficientes para continuarmos o nosso plano".

Em conferência de imprensa realizada na sede do Infarmed, em Lisboa, que contou também com a presença da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e do presidente da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), Rui Ivo, o coordenador da 'task force' salientou que o impacto da recomendação do uso da vacina em pessoas acima de 60 anos será "pequeno" no contexto do processo em curso no país.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 AstraZeneca Infarmed questões sociais saúde medicina preventiva coronavírus vacinação
Ver comentários