Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Vacinados contra a Covid-19 vão deixar de ficar em isolamento profilático após contactos de risco

DGS vai também deixar de divulgar os dados de Covid-19 ao país diariamente.
Correio da Manhã 14 de Setembro de 2021 às 11:12
Graça Freitas
Graça Freitas FOTO: Lusa

A Diretora-Geral da saúde, Graça Freitas, acredita que com "paciência" Portugal conseguirá "voltar à vida" que conhecia em 2019, antes da pandemia de Covid-19 ter atingido o mundo. 

Em entrevista ao jornal Público, Graça Freitas, referiu na passada segunda-feira que as pessoas que têm a vacinação completa vão poder, em breve, deixar de ficar em isolamento quando tiverem um contacto de risco com alguém infetado com o vírus. 

"Estamos neste momento a avaliar muito bem a questão das pessoas que ficam em isolamento profilático no sentido de distinguir quem tem um contacto com uma pessoa doente e está vacinado, de uma pessoa que teve esse contacto e não está vacinada", declarou. 

A Diretora-Geral da saúde crê também que com a mudança desta medida passará a existir uma maior responsabilidade na pessoa que se encontra vacinada, que apesar de não ficar obrigada a estar em casa tem de ter cuidados adicionais para garantir que não se encontra infetado. 

Ao jornal Público, Graça Freitas refere ainda que a DGS vai deixar de divulgar os dados de Covid-19 ao país diariamente.

"Vamos libertar os portugueses desta carga que é recordar todos os dias quantos casos, quantos internamentos, porque isso também dá um peso à nossa vida".

A vacinação e a entrada no inverno são dois dos factores chave para conseguir combater de forma eficaz a pandemia em Portugal e Graça Freitas espera ainda que "não apareça nenhuma variante com competência para substituir a Delta".

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Público Saúde Portugal e Graça Freitas Portugal Covid-19 questões sociais epidemias e pragas
Ver comentários