Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Vai ao Alive? Conheça os conselhos da PSP para desfrutar do festival em segurança

São esperadas cerca de 60 mil pessoas por dia no recinto do festival.
Correio da Manhã 6 de Julho de 2022 às 13:46
Festival Alive
Festival Alive FOTO: Lusa

O Festival de música Alive, que vai ter lugar no Passeio Marítimo de Algés entre os dias 6 e 9 de julho, vai levar a Polícia de Segurança Pública (PSP) a realizar uma operação policial especial que garanta a segurança do evento. A força policial alerta ainda para os vários constrangimentos rodoviários que se farão sentir entre essas datas.

Sendo que são esperadas cerca de 60 mil pessoas por dia no recinto do festival, a PSP vai recorrer às várias valências, para que se cubram todas as necessidades possíveis. Também serão esperadas autoridades francesas, italianas e espanholas, devido à grande afluência de estrangeiros ao festival.


Locais onde se irão verificar constrangimentos

A Avenida Brasília, o viaduto CRIL/IC17 e a Praça D. Manuel I sentirão constrangimentos pontuais até as 05h00 do dia 10 de julho.
A circulação viária na CRIL/IC17, na via descendente, entre o nó de Miraflores e a rotunda junto à Avenida Brasília, será interrompida esta quarta-feira das 20h00 às 03h00 de amanhã e de dia 7 a 9 entre as 20h00 e as 05h00 do dia seguinte.

A Avenida Brasília verificará irregularidades em toda a extensão, principalmente na zona da Vela Latina.

A Avenida Marginal contará também com constrangimentos principalmente junto à Rotunda de Algés, Avenida da Índia e Av. Dom Vasco da Gama e Rua de Pedrouços.


Conselhos da PSP para manter a segurança de todos

Preferir a utilização de transportes públicos.

Não obstruir a circulação rodoviária ao estacionar o carro.

Deixar o veículo trancado, sem valores à vista e, se os levar para o recinto, manter sempre junto à parte frontal do corpo para evitar furtos.

Verificar quais os itens proibidos no recinto.

Obedecer às ordens policiais.

Não hesitar em pedir ajuda às autoridades ou em recorrer ao 112.
Ver comentários
}