Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Sete aviões divergidos devido ao vento forte no Aeroporto da Madeira

Condições meteorológicas estão a condicionar aterragens.
Lusa 16 de Maio de 2019 às 18:02
Aeroporto da Madeira
Aeroporto Internacional da Madeira
Aeroporto da Madeira
Aeroporto da Madeira
Aeroporto Internacional da Madeira
Aeroporto da Madeira
Aeroporto da Madeira
Aeroporto Internacional da Madeira
Aeroporto da Madeira
O vento forte está a condicionar esta quinta-feira o movimento de aterragens no Aeroporto da Madeira -- Cristiano Ronaldo, tendo feito divergir sete aviões para outros destinos, disse fonte aeroportuária.

"Sete voos já tiveram de divergir, sendo que quatro estão no Porto Santo, dois foram para Tenerife e um TAP regressou a Lisboa", informou a mesma fonte.

Segundo a fonte, "até às 15h25 esteve tudo bem", mas a partir daí, "devido ao vento forte", não foi possível os aviões fazerem as aterragens, o que afetou as correspondentes descolagens.

Esta situação prejudicou as ligações de aeronaves da Condor provenientes de Frankfurt, Munique, Leizig, Dusseldorf e Hanôver, além de um da Transavia proveniente de Paris.

O voo TP 1695, da TAP, optou por regressar a Lisboa, explicou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)