Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Verão português vai ser muito quente com temperaturas a superar os 40 graus

Meses de junho, julho e agosto deverão ser os mais críticos.
Correio da Manhã 16 de Maio de 2021 às 09:38
Espera-se verão tórrido
Espera-se verão tórrido
Este verão deverá ser mais quente do que o normal, com temperaturas a ultrapassarem os 40 graus, avisam os especialistas, que dizem que os meses de junho, julho e agosto deverão ser os mais críticos, quando uma vaga de calor invadir o Sul da Europa. Espanha, Itália e França deverão ser os países mais afetados pelas temperaturas extremas, mas Portugal também vai receber a onda de calor, sobretudo no Interior.

As previsões apontam também para tempo muito seco, o que, no entanto, não deverá fazer aumentar o risco de incêndio no País, diz Carlos Pires, do Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo. “Há muita água no solo e nos aquíferos, o solo não está demasiado seco. Como há reservatórios de muita água acumulada não vai ser muito gravoso para o balanço hídrico”, assegura.

Apesar das vagas de calor serem cíclicas, os meteorologistas admitem que estas se têm tornado mais frequentes nas últimas décadas, resultado das alterações climáticas que o Planeta tem sofrido.

Portugal Sul da Europa Itália Espanha França meteorologia alterações climáticas turismo
Ver comentários