Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Viana do Castelo poupa no Natal

A câmara de Viana do Castelo vai gastar 15 mil euros na iluminação natalícia da cidade, o equivalente a um terço da verba utilizada pela autarquia no Natal de 2010.
13 de Novembro de 2012 às 09:36
Viana do Castelo orgulha-se de exibir a maior árvore natural  de Natal da Europa
Viana do Castelo orgulha-se de exibir a maior árvore natural de Natal da Europa FOTO: Arménio Belo

"Fruto também dos cortes que temos tido por parte do Governo e dos constrangimentos que nos têm sido impostos, somos obrigados a reduzir a iluminação de Natal", apontou o autarca José Maria Costa (PS).

No ano passado, a iluminação natalícia das várias ruas da cidade custou à autarquia cerca de 35 mil euros, o que já correspondeu a um corte de mais de 20 por cento em relação a 2010, ano em que foram investidos 45 mil euros.

"Somos forçados a reduzir para 15 mil euros o valor da iluminação, mas esta é importante para criar um espírito da época no nosso centro histórico, para que as pessoas possam ter um pouco do calor de Natal", admitiu ainda, depois de aprovar, esta semana, uma proposta que reduz o investimento a um terço, face a 2010.

Ainda assim, garantiu, a iluminação das principais ruas da cidade será mantida como forma de apoiar o comércio tradicional, embora em "menor quantidade e intensidade".

Além disso, a autarquia garante que também será promovido um programa de animação de Natal na cidade, que prevê atividades culturais, exposições e concertos, entre outras iniciativas.

"Será, ainda assim, um grande esforço mas que entendemos que deve ser feito", assumiu José Maria Costa.

A iluminação deverá acontecer entre Dezembro e Janeiro, incluindo naquela que é apelidada como a maior árvore de Natal, natural, da Europa.

Trata-se de um araucária excelsa com mais de 50 metros de altura e que todos os anos é iluminada com milhares de luzes, sendo vista em toda a cidade, num perímetro de vários quilómetros.

Viana do Castelo Natal Iluminação
Ver comentários