Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Especialista em cirurgia vascular defende eficácia da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19

Profissional da saúde revela que eventos tromboembólicos são "comuns" nas pessoas.
Correio da Manhã 20 de Março de 2021 às 15:31
A carregar o vídeo ...
Especialista em cirurgia vascular defende eficácia da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19

A especialista em cirurgia vascular, Joana Carvalho, afirmou, este sábado, à CMTV, que "os eventos tromboembólicos são muito comuns na população geral", ao abordar a questão da polémica vacina da AstraZeneca. Joana Carvalho sublinha que a probabilidade de se sofrer uma trombose embólica é de "122 por 100 mil indivíduos ao ano".

De acordo com a especialista, as pessoas devem manter a confiança nas autoridades de saúde no que diz respeito à vacinação e esclarece que é normal existirem possíveis constrangimentos resultantes de várias doenças "que nada têm a ver com a vacina".

Assegura ainda que "o tempo recorde" no desenvolvimento da vacina não é sinónimo de negligência, defendendo que "nenhuma etapa foi saltada" no processo.

A vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 tem sido alvo de muita polémica, por causa dos efeitos adversos que tem provocado em várias pessoas vacinadas. Em causa, está o surgimento de coágulos sanguíneos e tromboses após a toma.

A Agência Europeia do Medicamento mantém total confiança na eficácia da vacina desenvolvida nos laboratórios da AstraZeneca, o que levou vários países a retomar a administração da vacina após a suspensão em bloco inicial. 

Portugal, depois de três dias de suspensão impostos pela Direção Geral de Saúde, volta a administrar esta vacina já a partir de segunda-feira nos centros de vacinação Covid.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
AstraZeneca Covid-19
Ver comentários