Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

VIH sobe na meia-idade

O número de idosos infectados com o Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) está a aumentar, segundo dados revelados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O facto de estas pessoas serem mais propensas à prática de sexo não seguro e continuarem a não ser sujeitas a rastreio leva a que a infecção por VIH tenha uma maior progressão.

4 de Março de 2009 às 00:30
O HIV é um problema que afecta cada vez mais a partir da meia-idade
O HIV é um problema que afecta cada vez mais a partir da meia-idade FOTO: d.r.

De acordo com um estudo realizado pelo departamento de VIH/Sida da OMS, é possível registar um crescimento de 20 para 25 por cento, entre 2003 e 2006, de pessoas com mais de 50 anos infectadas com o VIH nos Estados Unidos da América. Uma análise preliminar destes casos em países em desenvolvimento revela um "surpreendente" aumento de pessoas nesta faixa etária a ficar infectadas.

No entanto, de acordo com o relatório do Centro de Vigilância Epidemiplógica das Doenças Transmissíveis do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge, desde 2004 que o número de casos notificados de sida em pessoas com mais de 50 anos tem diminuído: de 176 casos em 2004 passou para 145 (2005), 133 (2006) e 75 (2007). No total, o número de doentes de sida em Portugal com mais de 50 anos desde 1983 cifrava-se, em 31 de Dezembro de 2007, nos 1934 casos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)