Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
5

Acidente nuclear cria vegetais mutantes

Fotos estão a ser divulgadas por um blogue.
19 de Julho de 2013 às 12:15
Tomate cresce com deformações após acidente nuclear de Fukushima
Tomate cresce com deformações após acidente nuclear de Fukushima FOTO: D. R.

Os vegetais, frutas e animais que se desenvolvem perto da central nuclear de Fukushima têm estado a sofrer mutações genéticas. As alterações devem-se aos graves danos que a central sofreu, há cerca de dois anos e meio, depois de um terramoto e tsunami atingirem a costa japonesa.

As imagens dos vegetais e frutas deformados, que vão desde alfaces gigantes a pêssegos siameses, têm sido divulgadas por um blogger no ‘Imgur.com'.

"As fotos dos vegetais mutantes são sugestivas, mas os investigadores cientificamente qualificados precisam de verificar as mutações", explicou Timothy Mousseau, professor de biologia na Universidade da Carolina do Sul, em declarações à cadeia de televisão norte-americana ‘ABC'.

Clique na imagem para ver a fotogaleria dos vegetais mutantes de Fukushima

Estas não são, no entanto, as primeiras consequências do desastre nuclear detetadas até agora. Cinco meses depois do incidente foram encontrados níveis elevados de Césio 134 e 137, um elemento químico muito reativo, num atum e um coelho sem orelhas.

Recorde-se que o terramoto e tsunami que atingiram a costa japonesa em 2011 tiraram a vida a cerca de 15 mil pessoas e causaram o acidente nuclear mais grave desde o desastre nuclear de Chernobyl, em 1986.

Imagens provas consequências desastre acidente nuclear Fukushima
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)