Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
9

Apple processada por Air Tags porem em causa a segurança de duas mulheres

Vítimas contam que foram perseguidas pelos ex-companheiros com o recurso ao dispositivo de localização.
Correio da Manhã 6 de Dezembro de 2022 às 22:52
Apple processada por Air Tags porem causa a segurança de duas mulheres
Apple processada por Air Tags porem causa a segurança de duas mulheres
A Apple foi processada, esta segunda-feira, por duas mulheres norte-americanas que alegaram que a tecnologia das Air Tags as tinha deixado em risco. Segundo avança a CNN Internacional, os ex-companheiros terão utilizado os dispositivos de localização com o intuito de as perseguir e controlar. 

A ação contra a gigante de tecnologia foi apresentada no tribunal federal de São Francisco e as mulheres procuram obter uma recompensa financeira pelos danos psicológicos que lhes foram causados. 

Uma das queixosas contou que o ex-marido a estava a perseguir e a intimidar desde o fim da relação. Numa viagem à Austrália, a mulher, que se assumiu com Jane Doe perante os meios de comunicação norte-americanos, reparou que na mala do filho estava uma Air Tag. Apesar dos esforços a tentar livrar-se do aparelho de localização, o antigo companheiro já sabia do seu paradeiro.

"Jane Doe continua a temer pela sua segurança. O perseguidor demonstrou o compromisso de continuar a usar as Air Tags para a localizar, assediar e ameaçar. [A mulher] avançou com a queixa anonimamente devido ao facto de o risco de ser identificada poder acrescer o assédio de que tem sido vítima", refere no processo judicial.

As Air Tags são dispositivos de localização que a gigante de tecnologia lançou em 2021 para ajudar os consumidores a encontrar com mais facilidade objetos como as chaves de casa, telemóvel e a carteira.

As queixas e o perigo que as duas mulheres vieram a alertar sobre os dispositivos não são novas. A Apple chegou a fazer, este ano, algumas atualizações às Air Tags para diminuir os riscos.

A empresa já avançou com pedidos de desculpa às vítimas.
Jane Doe Air Tag crime lei e justiça investigação Estados Unidos Apple
Ver comentários
C-Studio