Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
4

Apple Watch não funciona com tatuagens

Pele tatuada bloqueia sensores do relógio.
T.R. 3 de Maio de 2015 às 16:40
Matt Siegel, jornalista da Reuters, é um dos utilizadores afetados
Matt Siegel, jornalista da Reuters, é um dos utilizadores afetados FOTO: Jason Reed/Reuters

Os primeiros compradores do Apple Watch estão revoltados com o facto de algumas das funcionalidades do smartwatch não funcionarem em peles tatuadas. Para chamar à atenção, os utilizadores criaram a hashtag 'tattoogate', que rapidamente se tornou viral na internet.

Um utilizador da rede social Reddit disse que o mecanismo de desbloqueio do relógio, ativado automaticamente quando deteta que está a ser utilizado, não funciona na pele tatuada: "Assim que colocava [o relógio] na área que está tatuada com tinta preta, o relógio bloqueava automaticamente", escreve.

Matt Siegel, repórter da Reuters (foto acima), também descobriu que as leituras dos batimentos cardíacos eram significativamente diferentes no pulso tatuado e no não tatuado.

Na página de apoio da Apple pode ler-se que "mudanças permanentes ou temporárias na pele, como algumas tatuagens, podem ter impacto na performance do sensor de batimentos cardíacos".

O Apple Watch começou a ser vendido em nove países a 24 de abril. Portugal não fez parte desta lista.
Apple Watch Reuters Apple tecnologia tatuagens Matt Siegel tattoogate
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)