Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
4

Aquecimento global é culpa do homem

Planeta Terra será 4,8º mais quente e o nível do mar será 82 cm mais elevado até 2100
28 de Setembro de 2013 às 01:00
Membros de organizações ambientais não-governamentais protestaram em Estocolmo
Membros de organizações ambientais não-governamentais protestaram em Estocolmo FOTO: Maja Suslin/EPA

O ser humano é o principal responsável pelo aquecimento global verificado desde 1950. Esta é uma das conclusões dos cerca de 800 cientistas que participaram na elaboração do 5º relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC, em inglês), apresentado ontem em Estocolmo (Suécia). O relatório é claro sobre os efeitos da ação do homem até 2100: a Terra vai ficar 4,8 graus mais quente e o nível do mar vai subir 82 centímetros. A confiança dos cientistas é tão grande que atribuem 95% de certeza de que é o homem o principal responsável pelo aquecimento global. "Se o vosso médico vos dissesse que tem 95% de certeza que estão doentes, vocês começavam logo a procurar a cura. É o caso em relação à Terra", afirmou Connie Hedegaard, comissária europeia do Ambiente, na apresentação.

Em todos os quatro cenários traçados, inclusive no mais otimista, a temperatura média do Planeta aumenta, tal como o nível médio do mar.

Estes dados constam da primeira parte da quinta avaliação do IPCC. As 2ª e 3ª serão reveladas em março e abril de 2014; a síntese é em novembro.

ambiente IPCC aquecimento global alterações climáticas
Ver comentários