Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Casas de ricos e famosos desfocadas nos mapas do Google

Tony Blair e Paul MacCartney são algumas das figuras públicas que pediram para desfocar as suas casas nos mapas do Google, como medida de proteção.
9 de Julho de 2014 às 13:41
A casa de Tony Blair, em Londres, foi desfocada no Google Street View
A casa de Tony Blair, em Londres, foi desfocada no Google Street View FOTO: Google

As mansões de figuras públicas britânicas, como atores, políticos e músicos, estão a deixar aos poucos de aparecer no Google Street View, o serviço de mapeamento do Google Maps e do Google Earth. Esta tendência surge na sequência de ter sido aprovada pelo Tribunal de Justiça Europeu, em maio, a lei que promulga o "direito de ser esquecido"

As celebridades residentes no Reino Unido exigiram que as suas habitações fossem desfocadas e prevê-se que esta tendência venha a ser cada vez mais exigida. O ex-primeiro ministro britânico Tony Blair, o músico Paul McCartney, a cantora Lily Allen e o guitarrista dos Led Zeppelin Jim Page são alguns dos famosos que já têm as suas casas desfocadas.

Um porta-voz da Google explicou que esta possibilidade sempre esteve disponível, assim como desfocar pessoas ou carros que apareçam numa imagem do serviço.

"O direito de ser esquecido" permite aos utilizadores que enviem um formulário à Google a pedir que removam determinados resultados da pesquisa, caso provem que a informação está "desatualizada, errada ou irrelevante".

Depois de a lei ter sido aprovada em maio, os pedidos do internautas, incluindo celebridades, aumentaram significativamente.

tecnologia google street view celebridades famosos direito esquecido
Ver comentários