Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Cimeira de Copenhaga foi fracasso de 2009

A Cimeira de Copenhaga, na Dinamarca, e o aumento do consumo de electricidade são os piores factos ambientais de 2009, segundo o balanço realizado pela Quercus, que aponta ainda o dedo à falta de tratamento dos solos contaminados e à má qualidade da água dos rios. No sentido inverso, os pontos positivos de 2009 são a certificação energética dos edifícios e a aposta na água quente solar.
31 de Dezembro de 2009 às 00:30
Balanço da Quercus destaca os 12 dias da Cimeira de Copenhaga pela negativa
Balanço da Quercus destaca os 12 dias da Cimeira de Copenhaga pela negativa FOTO: Staff/Reuters

Tudo apontava para que a cimeira das Nações Unidas, realizada no início de Dezembro, fosse um marco no combate às alterações climáticas. No entanto, os 12 dias de negociações terminaram sem a definição de qualquer objectivo claro e metas concretas. EUA e China foram os principais responsáveis pelo fracasso da cimeira que pretendia definir o sucessor do Protocolo de Quioto, que expira a 31 de Dezembro de 2012.

A nível interno, a Quercus refere o aumento do consumo de electricidade acima do Produto Interno Bruto e a falta de tratamento dos solos contaminados, além da ausência de uma fiscalização regular que permita controlar o depósito ilegal de resíduos.

Durante o ano, nem tudo foi mau em questões ambientais. A Quercus destaca a aposta na água quente solar, resultado do financiamento até 50 por cento do Governo à aquisição dos painéis, ressalvando que "num país com uma exposição solar de excelência é importante manter e reforçar medidas como esta em 2010 e anos seguintes".

A abertura do centro nacional de reprodução do Lince Ibérico, em Silves, no Algarve, e a expansão do tratamento mecânico e biológico dos resíduos urbanos indiferenciados, que permite a reciclagem até 60 por cento, também merecem nota positiva.

Para 2010, a Quercus espera que o Governo aposte na integração de materiais reciclados nas obras públicas e na certificação florestal. Também a microgeração de energia deverá ser incentivada. 

PORMENORES

COPENHAGA

A Cimeira das Nações Unidas para as Alterações Climáticas reuniu mais de 190 países.

CONSUMO

O consumo de electricidade tem diminuído, mas mantém--se acima do PIB.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)