Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Copérnico enterrado 467 anos depois

O astrónomo Nikolaj Kpernik, conhecido pelo nome latinizado de Copérnico, terá uma cerimónia fúnebre no dia 22 de Maio de 2010, 467 anos depois da sua morte, informou esta segunda-feira um porta-voz da diocese de Ermland, no noroeste da Polónia.
28 de Dezembro de 2009 às 20:05
Copérnico enterrado 467 anos depois
Copérnico enterrado 467 anos depois FOTO: d.r.

Os restos mortais de Copérnico (1473-1543) foram encontrados por arqueólogos polacos em 2005, que após três anos de testes de ADN e estudos sobre a morfologia corporal, confirmaram a sua autenticidade.

Autoridades forenses contribuíram também para realização dos testes, tendo reconstruido a face do astrónomo com base nos ossos cranianos encontrados.

Em Janeiro terá início a construção de um sepulcro de duas toneladas de granito negro, na Catedral Frauenburger, onde serão depositados os restos mortais do astrónomo.

Copérnico revolucionou o Mundo com a sua teoria que colocava o Sol no centro do Universo, em torno do qual giraria a Terra, contrariando o modelo geocêntrico anteriormente estabelecido por Ptolomeu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)