Europa chega a acordo sobre o 'artigo 13' relativo aos direitos de autor e avança para votação

Medida deverá ser aprovada até abril.
13.02.19
  • partilhe
  • 1
  • +
Europa chega a acordo sobre o 'artigo 13' relativo aos direitos de autor e avança para votação
O Conselho da União Europeia, a Comissão Europeia e o Parlamento Europeu chegaram esta quarta-feira a um consenso relativamente à diretiva de direitos de autor: o polémico artigo 13, proposta por Bruxelas e muito contestada por artistas e entidades do setor, prevendo-se votações finais até abril.

A notícia foi avançada no Twitter pela eurodeputada Julia Reda, uma das principais opositoras a esta polémica medida de defesa dos direitos de autor. Julia Reda luta para que esta diretiva vá para a frente


O texto final da diretiva tem algumas alterações face à proposta inicial - que foi apresentada pela Comissão Europeia em 2016 - e terá agora de ser votado no Conselho da UE (onde estão representados os países) e no Parlamento Europeu.

Os controversos artigos 11 e 13 são debatidos há cerca de dois anos e as opiniões dividem-se uma vez que podem mudar a internet como a conhecemos atualmente, especificamente o Youtube e Facebook.

O que implica? Caso este texto final seja aprovado, o Youtube irá bloquear - na União Europeia - conteúdos que tenham imagens ou músicas que infrinjam as lei
 dos direitos de autor. Ou seja, os europeus poderão perder milhares de conteúdos como vídeos de reação a determinada música, por exemplo. Essa 'limpeza' por parte do Youtube vai afetar os vídeos futuros mas também os antigos que podem ser bloqueados.




pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!